a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

workshops forcabe 543w por 1050H AutoNailArt

11218843 1181868231828746 1269544375560269786 n

Apanhou-nos todos de surpresa ontem com um post no seu Facebook a anunciar a sua retirada do desporto, como atleta. Tiago Mota, atual vice-campeão nacional Sénior, abandona assim a competição, mas com desejo de voltar noutras funções. Com apenas 21 anos, novamente incompatibilidades e motivos pessoais fazem abandonar um atleta de alta competição da Patinagem Artística portuguesa.

Plurisports: Que motivos pessoais te fazem deixar modalidade?

Tiago Mota: Bem, para começar estou acabar a minha licenciatura e quero começar a investir no meu futuro profissional, e para alguém que compete com objetivos de campeonato a campeonato é necessário treinar bastante e para investir inicialmente no percurso profissional é preciso perder algum tempo e não estava ser possível conciliar as duas coisas, devido a muitos factores.

Plurisports: Há quanto tempo tomaste esta decisão?

Tiago Mota: Esta decisão não foi tomada de um dia para outro, nem de ânimo leve, tenho vindo a pensar desde o inicio da época, mas inicialmente a ideia não era abandonar as competições, apenas era tentar conciliar tudo, uns dias para isto, outros para aquilo, encaixava os treinos aqui e ali, mas com passar do tempo deixava acumular muita coisa e não conseguia fazer tudo para além do factor cansaço estar sempre presente. Por vezes apenas descansava 5 horas... O que é muito pouco para um atleta. Então chegou a altura de mudar de planos e a única alternativa que tive foi deixar algo para trás. Apesar de custar teve de ser, mas no entanto abandono a modalidade contente com aquilo que alcancei até ao momento e por aquilo que batalhei ao longo do meu percurso para chegar onde cheguei.

Plurisports: Depois dos bons resultados que tens vindo a conquistar, não ficas com pena de deixar de patinar?

Tiago Mota: Sim, fico com alguma pena, mas também saio de cabeça erguida pois fiz uma época fantástica o ano passado, da qual me orgulho imenso e também me orgulho por tudo o que consegui alcançar com todo o meu trabalho ao longo dos anos.

Plurisports: Como a tua equipa técnica encarou a tua decisão?

 

Tiago Mota: A reação foi de surpresa e de compreensão, pois era algo inesperado. Tiago Mota representava atualmente a Associação Desportiva de Penafiel e nesta época já havia vencido o Torneio Fernando Andrade. Em 2015, sagrou-se pelo segundo ano consecutivo vice-campeão nacional Sénior em Patinagem Livre. Foi campeão nacional, representou Portugal internacionalmente pela primeira vez em 2013, onde foi 4º no Campeonato da Europa, e também fez parte da equipa nacional no mundial de Reus 2014. Começou a patinar em 2003, com 8 anos, no Rolar Hóquei Clube de Lourosa.

Sponsored by: 

workshops para rodapé Noticias AutoEpilação