a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

workshops forcabe 543w por 1050H AutoNailArt

1914573 1711052765845442 7267740637767534878 n

Imagem: Imagine Foto

O Quarteto "The Project" não conseguiu renovar o seu título de campeão nacional, eles que no ano passado foram também medalha de bronze no Campeonato da Europa. Depois da entrada de Ricardo Martins em 2015, este ano o grupo conta com um novo elemento, José Souto. Em conversa com a Plurisports, Filipe Galego referiu que efetivamente "a nossa prova não foi bem conseguida. Reconhecemos que houve muitas pequenas falhas e faltou alguns aspetos para que a prestação fosse algo mais forte. Todas as mudanças exigem adaptações, mas isso não é grande problema, pois acho que com o trabalho de entreajuda que fazemos conseguimos facilmente patinar em conjunto. Pelo menos para mim torna-se fácil patinar com um grupo destes, tendo em conta a amizade que existe". 

Galego encontra-se a estudar em Bolonha, estando então longe dos seus colegas de equipa, contudo tentaram "gerir para que não afetasse muito o Quarteto. Procurámos antecipar um pouco o trabalho, para que fosse possível viajar para iniciar as aulas no dia 1. Depois disso, voltei a meio da semana do campeonato para a reta final da preparação. Longe de ser o ideal, procuramos minimizar as adversidades ao máximo", ele que em Itália continua a treinar Patinagem Livre em San Giovanni in Persiceto, "que é perto de Bolonha, onde estou a ter uma excelente experiência académica". 

Em relação ao Europeu, Filipe Galego adiantou-nos que pretendem "sobretudo dar uma imagem clara da nossa qualidade. Sem pensar na concorrência e no que trazem, queremos ser fortes o suficiente e patinar com qualidade para sairmos satisfeitos com o nosso grande esforço". José Souto também falou connosco e sobre a prova do próximo mês em Matosinhos disse que "sem dúvidas que iremos trabalhar ao máximo sempre sem esquecer o nos juntou, a amizade e a vontade de nos divertirmos a patinar, porque é sempre um prazer partilhar a pista com grandes amigos", ele que agora também faz parte dos "The Project". "Estou a gostar muito, é sem dúvida uma experiência diferente e com a qual aprenderei muito. Sinto-me cada vez mais à vontade".

Novo nesta categoria comentou que "era até há uns dias das poucas vertentes da patinagem que nunca tinha experimentado e, por tanto, quando surgiu este convite não consegui recusar patinar ao lado destes grandes atletas e acima de tudo amigos". Mais concreta sobre a performance no Campeonato Nacional de Show e Precisão, o bi-campeão do mundo de Solo Dance Júnior também aponta algumas pequenas falhas que "em última análise, nos poderão ter custado a vitórias. Apesar disso, vejo esta competição como um ponto de partida e estou certo que, com o enorme trabalho e dedicação a que penso que temos habituado o público, nada será impossível. Queria aproveitar a oportunidade para deixar uma palavra de agradecimento em nome de toda a equipa a todos que nos apoiaram".

As "Gondomar Golden Skaters" que surpreenderam com o regresso e com o terceiro lugar, de forma muito entusiasmadas e felizes pretendem "continuar a ultrapassar barreiras juntas e dar sempre o nosso máximo! O nosso maior objetivo será sempre fazer aquilo que mais gostamos, juntas e deixar quem está ao nosso lado o mais orgulhoso possíevel". 

Sponsored by: 

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeCabelo